Cartaz da Cidade - Logo

Com o objetivo de alertar a população sobre a realidade do suicídio, a Faculdade UNINASSAU Petrolina iniciou, nesta segunda-feira (10), ações relacionadas ao Setembro Amarelo, campanha nacional de prevenção do suicídio. A ideia é conscientizar a população e reduzir os casos na região. 

 Os estudantes de Psicologia distribuíram laços amarelos, símbolo da campanha, entre alunos e colaboradores. As próximas atividades serão a mesa-redonda: "Desafios regionais frente a demanda do suicídio", no dia 19/09, e o CinePsi com o filme "Elena", no dia 29/09.  

 A coordenadora do curso de Psicologia, Samara Oliveira, frisa a importância da discussão. "A proposta é refletir sobre um tema ainda tabu em nossa sociedade e procurar entender os aspectos relacionados ao suicídio, além de pensar sobre ações efetivas em direção a valorização da vida", disse. 

 A mesa-redonda e CinePsi são eventos abertos ao público. Os interessados podem se inscrever no site extensao.uninassau.edu.br, gratuitamente. Ambos vão acontecer no auditório da Faculdade, localizada na Avenida Clementino Coelho, 714, Atrás da Banca.  

 

Suicídio 

 Estima-se que 800 mil pessoas morram desta forma anualmente, uma a cada 40 segundos, o que equivale a 1,4% dos óbitos totais. De acordo com o Ministério da Saúde, em 2015, no Brasil, o suicídio foi a quarta causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. 

 Uns dos principais fatores que levam à morte voluntária são bullying, depressão, traumas emocionais, problemas familiares e amorosos entre outros. De forma voluntária e gratuita, o Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone, email ou chat 24 horas todos os dias.

 Outras informações podem ser obtidas pelo número 188 ou site  www.cvv.org.br.

Postado em 12 de SET 2018